Solidaridade entre amigas: Susy presenteou Katia com autoestima

Apaixonada por lace wigs há alguns meses, Susy Basílio, de Barra do Piraí, no Rio de Janeiro, viu nos fios sintéticos a oportunidade de ajudar a amiga Katia Fonseca, que estava passando por maus momentos. Observando o sofrimento da professora de música, atingida por um câncer, a técnica de enfermagem resolveu doa-la sua peruca preferida, a cacheada Cris.

“Foi por uma causa nobre”, afirma Susy, que sabe muito bem a importância do cabelo na construção da autoestima de uma mulher. Ela mesma já passou por quase tudo em matéria de cabelo: aplique, química, entrelaçamento e até mesmo o drama da queda de algumas mechas, até descobrir a magia das perucas. Desde então, não desgruda de seus modelos e alterna entre diferentes estilos no dia a dia e em ocasiões especiais.

Suzy e Katia com a lace wig Cris

Já Katia, foi se decidir as lace wigs em seu momento de sensibilidade. “Antes do diagnóstico, eu usava aplique mas pensava em começar a usar laces”, conta a professora de música. “Quando recebi a notícia e soube que perderia cabelo, logo busquei saber ainda mais sobre as perucas. Falei com a Susy e em alguns dias ela me surpreendeu me presenteando com a peruca front lace wig Cris”.

Além dos temores com relação à vida e à própria saúde, a questão da queda de cabelo costuma pesar para mulheres que tem a quimioterapia como indicação para o tratamento de um câncer. No caso de Katia, a notícia pesou, mas já foi superada. Ainda trabalhando com aulas de música e cantando na igreja, ela tem usado o cabelo para se empoderar e sentir-se segura nos palcos. “Tem ajudado muito”, afirma.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *