Você sabe fazer a manutenção da sua lace cacheada?

Cachos lindos, volume na medida: no momento da entrega a lace wig cacheada parece o sonho perfeito, mas como manter a beleza da peruca ao longo do tempo? Entre perguntas que vão desde como pentear até que produtos usar nas laces, usuárias da nova tendência no mundo da beleza tem dúvidas sobre o que fazer ou não na hora de manter os caracóis do modelo comprado.

 

Para ajudar na missão manutenção da lace wig cacheada, convidamos duas mulheres que são craques na hora de manter suas perucas para descobrir como elas cuidam de suas laces no dia a dia. Com rotinas e modelos diferentes, Lais Menezes e Susy Basílio contam que o segredo é a dedicação e o prazer em cuidar dos cabelos.

Susy Basílio, técnica em enfermagem, Barra do Piraí – RJ – Usando a peruca front lace wig Cris

“A autoestima da mulher está muito ligada ao cabelo” diz Susy. Em brigas pela vida toda entre o alisamento e a tentativa de manter os fios ao natural, a técnica de enfermagem usa lace wigs há alguns meses e já comprou dois modelos, sendo que a primeira já não está mais ao seu pois serviu como uma boa ação. Sensibilizada com a situação de uma amiga em tratamento contra um câncer, Susy resolveu abrir mão de sua peruca favorita, a Cris, para ajuda-la a fazer as pazes com o espelho.

 

Na missão de dar um up na autoestima partindo do cabelo, entre Lais e Susy, a necessidade de cuidados especiais com a lace cacheada é consenso. Por embaraçar com mais facilidade e, ao mesmo tempo, ter desembaraço mais complicado que de uma wig lisa, o momento de desfazer os nós merece atenção. Observando os cachos um a um, as duas desembaraçam o material com os dedos, eliminando com a tesoura partes em que os nós não se soltam mais. É preciso ter paciência!

Lais Menezes, estudante de Serviço Social – Usando a peruca front lace wig Morgana

 

 

No final, a dedicação aos cuidados com a lace se transformam na alegria de passear com cachos soltos e bem definidos. “Me faz bem ter um cabelão e ver as pessoas admirando, me sinto outra pessoa”, diz Lais. A estudante de Serviço Social, antes usuária de mega hair já teve até problemas médicos por conta da aplicação do material.  Depois do trauma, que causou a ela um ferimento grave na cabeça, optou pela lace Morgana e se diz satisfeita com o sucesso que vem fazendo entre amigos e familiares.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×

Powered by WhatsApp Chat

×